O encontro de cada Mulher com o Sagrado Feminino

Este movimento que cada vez mais desperta a atenção da Mulher e grupos de Mulheres por todo o Mundo chega-nos como um convite a uma Nova Consciência de Resgate e Empoderamento da Mulher e do Feminino que existe em nós.

Contexto Histórico Ancestral

Apesar de conhecermos o Sagrado Feminino como uma corrente de Consciência Feminina que tem despertado nas últimas décadas, na verdade a terminologia do Sagrado Feminino remonta na Ancestralidade ás Sociedades Matriarcais.

As Sociedades Matriarcais eram sociedades no qual a liderança, poder e tomadas de decisão eram ocupadas por Mulheres, que normalmente eram as Mães da comunidade, dai a derivação do termo ancestral Matriarca, que tem a sua etimologia no termo grego mater, que significa Mãe.

Pesquisas históricas e arqueológicas realizadas na antiga Mesopotâmia, onde foram recuperados os primeiros registos históricos escritos revelam que as sociedades ancestrais eram Matriarcais, onde a Mulher era considerada Sagrada, respeitada e abençoada pela sua capacidade de gerar Vida.

Nas Sociedades Matriarcais eram valorizadas as características maternais como a capacidade de cuidar e nutrir, compaixão, receptividade, inclusividade, intuição, expressão e emotividade.

Com o surgimento da Patriarcado e a sua proliferação ao longo da história, todo o poder foi transferido para o Masculino.

As Mulheres foram gradualmente e durante um longo período de tempo perdendo a valorização e ocupando cargos e tarefas previamente estabelecidas pelo sistema Patriarcal, sendo o seu poder e a verdadeira natureza Feminina desvalorizada e esquecida.

O retorno do Sagrado Feminino actualmente:

Se no passado o Sistema Patriarcal retirou todo o Poder e Sacralidade às Mulheres, hoje em dia somos nós Mulheres que ainda não despertamos para o Poder, Força e Equilíbrio que o Resgate do nosso Feminino nos pode trazer.

O Sagrado Feminino desperta quando a Mulher renuncia a remanescências Patriarcais, à necessidade de se apresentar socialmente e intimamente exprimindo energia e características masculinas e abraça verdadeiramente a sua Natureza Feminina.

O encontro da Mulher com o seu Sagrado Feminino ocorre quando precisamente a mesma reconhece e honra o seu Feminino como Sagrado, aceitando, amando e resgatando cada parte de si, com a máxima Sacralidade.

Quando como Mulheres valorizamos cada expressão de nós como Sagrada, aceitando a expressão do nosso corpo, das nossas emoções e dos nossos pensamentos, acedemos à nossa Essência onde reside o nosso Poder e Autenticidade Únicas.

Isto é, existem várias expressões do Sagrado Feminino que diferem de Mulher para Mulher, mas todas convergem para uma única expressão: o Resgate Essencial da Energia Feminina- da Feminitude que existe em cada uma de nós.

Muitas Mulheres actualmente sofrem profundamente porque ainda não encontraram esta fonte de equilíbrio. Ligadas ainda a remanescências Patriarcais expressam predominantemente o Masculino, quando a sua fonte de equilíbrio é o Feminino, criando desta forma feridas profundas na sua identidade e essência, levando a um movimento de separação e isolamento, de si próprias, dos outros e do Mundo

Amar e resgatar o Feminino em nós, em nada significa virar as costas “ao Masculino” significa sim um Movimento de Cura inclusivo e geracional, onde nos encontramos e não negamos mais aspectos da nossa Natureza Inata-Feminina.

O Resgate do Sagrado Feminino ocorre quando a Mulher aceita a sua Essência Feminina e expressa os seus dons femininos associados, como parte do mais natural e inato em si.

Só desta forma compreenderemos que a nossa Missão é sermos para o Mundo as Embaixadora do Sagrado Feminino.

A Mulher em ti só estará completa e pronta para brilhar, quando abraçares e honrares o teu Sagrado Feminino.

Características da Mulher conectada com o seu Sagrado Feminino:

  • Aceita a totalidade do seu Eu como Sagrado e desenvolve um equilíbrio diário entre o seu Corpo, Mente e Emoções;

  • Vive profundamente conectada com o seu Coração e é neste local que se conecta com a sua intuição e recebe a paz e a orientação necessária ao seu Equilíbrio;

  • Sabe que no Auto-Cuidado, reside a habilidade de cuidar dos outros e do Mundo;

  • Respeita os seus ritmos internos e alinha-se com os ritmos externos da Natureza;

  • Expressa a sua verdade com respeito, integridade e responsabilidade, exprimindo em cada aspecto da sua Vida uma consistência do seu Eu;

  • Age a partir do Coração e persegue a sua Jornada com Coragem sabendo intimamente que os desafios são oportunidades únicas de Crescimento.

  • Reconhece as outras Mulheres como irmãs e companheiras de Jornada, eliminado a competitividade, julgamento e separação e criando laços de irmandade, pertença e suporte.

  • Vê todos os Homens como expressões do Sagrado Masculino, sabendo que no Equilíbrio entre o Sagrado Feminino e Masculino reside a oportunidade de evoluirmos em consciênciapara a construção de uma sociedade integrada em valores universais.

  • É consciente de que é especial e única e que tem também um contributo único e especial para dar ao Mundo e como tal propõe-se a desenvolver o melhor de si e a partilhá-lo com o Mundo;

#EducaçãoparaoFeminino #SagradoFeminino